PUBLICIDADE
Mossoró Cidade Junina 2022 - 2
Bolsonaro se encontra com Elon Musk para debater conectividade e proteção da Amazônia
PUBLICIDADE Welike


O Governo Federal, por meio do Ministério das Comunicações (MCom), promoveu, nesta sexta-feira (20/5), encontro com representantes do setor público e privado para debater a ampliação da conectividade da Amazônia e ações para reforçar a preservação da floresta. O evento, realizado no município de Porto Feliz, em São Paulo, contou com a presença do empresário americano Elon Musk, fundador das empresas de desenvolvimento de satélites, Starlink, e de fabricante de sistemas aeroespaciais, SpaceX.

Por meio de suas redes sociais, Musk anunciou que irá conectar 19 mil escolas não conectadas em áreas rurais de todo o Brasil e apoiar o governo brasileiro a monitorar a floresta amazônica com uso de tecnologia avançada para mitigar o desmatamento e incêndios ilegais.

Ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, explicou que a parceria entre as iniciativas pública e privada para levar internet às escolas vai contribuir com a meta do MCom de conectar 100% das unidades públicas de ensino da região Norte até o fim de 2022, além de levar acesso à internet para unidades de saúde, comunidades indígenas e locais remotos.

De acordo com o presidente Bolsonaro, a passagem do empresário americano pelo Brasil irá contribuir com as impressões internacionais a respeito das ações de preservação da Amazônia desenvolvidas pelo governo federal. "Nós vamos mostrar que a Amazônia é preservada. Lógico que existem os nichos de exploração de queimada e desmatamento irregular. Mas isso, a chegada dos satélites irá nos ajudar a preservar. Agora, precisamos também desenvolver aquela região, que é riquíssima em biodiversidade e em riquezas minerais”, afirmou.