PUBLICIDADE
Festa do Bode
Reitora garante que bloqueio do MEC não afetará UFERSA


A Reitora da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, professora Ludimilla Oliveira, encara com tranquilidade o bloqueio no orçamento das Instituições Federais de Ensino – IFES – realizado na última sexta-feira, 27, pelo Ministério da Educação. Especificamente com relação à UFERSA o percentual foi de 14,5% o que representa um pouco mais de R$ 7,011 milhões. “Esse sistema de bloqueio, de contingenciamento, durante a execução orçamentária acontece na administração pública, então, já tínhamos feito um planejamento nesse sentido”, afirmou. Ainda segundo a reitora, a perspectiva é de que o valor seja desbloqueado no decorrer do ano.

A reitora garante que não haverá impacto no andamento das ações desenvolvidas pela Universidade. “Esse tipo de bloqueio sempre acontece e vamos caminhar normalmente dentro da execução do planejamento orçamentário da Universidade até por que quando o valor for desbloqueado ele será utilizado, pois o orçamento orçamentário da instituição não é gasto de uma única vez. Temos recursos suficientes para aguardar o desbloqueio do valor”, frisou.

A professora Ludimilla Oliveira tranquiliza toda a comunidade acadêmica, bem como aos prestadores de serviços que não haverá atrasos de pagamentos. “Não vai afetar nenhum pagamento – contratos, terceirizados, salários, auxílios estudantis – uma vez que estamos com a execução orçamentária equilibrada”, afirmou. A reitora explicou ainda que o bloqueio não interfere na política de assistência estudantil. “Estamos trabalhando com tranquilidade, a retomada das atividades hibridas foi uma sinalização importante e, a partir do dia 6 de junho, com a retomada das atividades presenciais com os investimentos necessários para a manutenção e custeio das atividades”, mencionou. A reitora não tem dúvidas que o desbloqueio será feito no tempo oportuno do MEC.