PUBLICIDADE
Mossoró Cidade Junina 2022 - 2
Evento de Lula no RN teve crítica à ex-ministro, vaias e muitas mentiras
PUBLICIDADE Welike


O evento de Lula em Natal, nesta quinta-feira (16), feriado de Corpus Christi no Brasil, foi marcado por vários episódios grotescos da política nacional. Críticas por obras concluídas pelo Governo Federal, mentiras e vaias para pré-candidato.

O inicio do evento sofreu atraso. Lula queria garantir que todos estivessem presentes no Largo da Arena das Dunas. E realmente não ficou feio. Os governadores do Consórcio Nordeste garantiram que suas militâncias marcassem presença. E muita gente compareceu. Fala-se que até ônibus com pessoas João Pessoa (PB) compareceu.

A governadora Fátima Bezerra (PT), anfitriã da festa, estava em céu de brigadeiro. Diante de sua militância, ela não poupou nas criticas ao governo Bolsonaro. Entusiasmada com a gritaria da militância, a governadora chegou a chamar o Governo Bolsonaro de "desgraça". Governo este que socorreu todos os Estados, principalmente o RN, com repasses volumosos durante a pandemia. Fátima reclamou de barriga cheia. Foi graças a Bolsonaro que ela conseguiu colocar a folha de pagamento em dia.

Lula, como sempre, e especialista nisso, transformou o evento em um show de mentiras. Comeou criticando a alta da gasolina, a fome e o desemprego. Um reflexo no mundo todo pós-pandemia. O mais curioso, em certo momento do discurso, foram as críticas feitas ao ex-ministro Rogério Marinho, pré-candidato ao Senado, por ter concluído às obras da Transposição do São Francisco, superfaturadas e abandonadas na gestão do PT. Lula chegou a considerar Rogério insensato, chamando-o de “Baixinho e desgraçado”, e disse que foi o seu governo que inaugurou a transposição.

Outro momento de grande repercussão foram as vaias ao ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), bastante hostilizado quando teve nome anunciado pelo cerimonial. A militância petista reagiu com desprezo. No palanque, Rafael Motta (PSB), que tem simpatia da maioria do eleitorado de esquerda, dava boas gargalhadas presenciando a cena.