PUBLICIDADE
Mossoró Cidade Junina 2022 - 2
Comerciantes aprovam organização do Mossoró Cidade Junina 2022
PUBLICIDADE Welike


Desde a última sexta-feira (13), trabalhadores interessados em comercializar durante os eventos “Pingo da Mei Dia” e “Boca da Noite” realizam o cadastro na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, situada na Praça da Redenção, Centro. Os vendedores aprovaram a organização do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2022.

De forma organizada, a Prefeitura de Mossoró abriu na sexta-feira (13) o cadastro para todos os comerciantes que queiram utilizar o espaço público do Corredor Cultural durante o “Pingo da Mei Dia” e “Boca da Noite”. O Município havia reservado a quinta-feira (12) para o comparecimento dos proprietários de imóveis com interesse em utilizar a área pública. 

A organização dos espaços foi muito comentada pelos comerciantes durante o procedimento de cadastro. “Estou achando muito organizado, tudo pensado para garantir nossa tranquilidade”, avaliou Maria Ivoneide. 

A comerciante Alvanir Martins participa do Mossoró Cidade Junina desde a sua primeira edição. Com mais de 24 anos de trabalho, a pequena comerciante comemora que neste ano não precisará pagar a taxa de ocupação de espaço público. Isso porque o Município garantiu a isenção da taxa para pequenos vendedores, que utilizam a época para assegurar uma renda extra.  “Se Deus quiser vamos vender tudo. Muito bem organizado, estou muito feliz. Esse ano comemorei que não vou pagar a taxa”, celebrou. 

“Eu como barraqueira, esse ano, estou me sentindo gente. Porque todos os anos, para conseguir minha barraca e vender era uma briga. E esse ano não tive nenhum estresse, já fiz o cadastro para o Pingo e da minha barraca para a Estação”, comentou a comerciante Ana Alice. 

Os cantores Bell Marques, Júnior Viana e a banda Chicabanna farão parte do maior bloco junino do país. A 25ª edição do Mossoró Cidade Junina abre oficialmente sua programação com o “Pingo da Mei Dia”, em 4 de junho. Ao longo do mês de junho, o São João mais cultural do Brasil movimentará a economia local, além de valorizar os artistas da terra.