06Set

Palocci entrega Lula na Lava Jato

Os advogados de Antonio Palocci disseram nesta quarta-feira (6) que, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-ministro afirmou que o PT tinha uma espécie de "pacto de sangue" com a Odebrecht e que o combinado era o partido receber R$ 300 milhões. Segundo os advogados, Palocci disse ainda que R$ 4 milhões foram dados em dinheiro para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

05Set

PF encontra malas recheadas de dinheiro em endereço atribuído a Geddel Vieira Lima

A Polícia Federal localizou, nesta terça-feira (5), um “bunker” com malas recheadas de milhares de reais em um endereço em Salvador atribuído ao ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima (PMDB). A ação faz parte da Operação Tesouro Perdido, desdobramento da Cui Bono. O dinheiro será transportado para um banco, onde será depositado em conta judicial. O valor apreendido ainda não foi divulgado.

25Ago

Janot denuncia Garibaldi Alves na Lava Jato

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou nesta sexta-feira (25) os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR), Valdir Raupp (PMDB-RO) e Garibaldi Alves (PMDB-RN) na Operação Lava Jato. A acusação diz respeito a inquérito sobre irregularidades na Transpetro, estatal ligada à Petrobras.

27Jul

PF prende ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil em nova fase da Lava Jato

O ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine foi preso na 42ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada pela Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira (27) no Distrito Federal, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. Suspeito de receber R$ 3 milhões da Odebrecht, Bendine foi preso na casa da filha, em Sorocaba (SP). A ação foi batizada de Cobra.

19Jul

Justiça mantém Cunha e Henrique Alves na prisão

A Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) negou habeas corpus para o deputado cassado Eduardo Cunha e para o ex-ministro Henrique Eduardo Alves e os manteve na prisão. Cunha está preso desde outubro do ano passado em Curitiba e Alves está preso desde o mês passado.

14Jul

Ex-presidente do Peru é preso por corrupção no caso Odebrecht

O ex-presidente do Peru Ollanta Humala e sua mulher, Nadine Heredia, se entregaram na noite de quinta-feira (14) à polícia, após o juiz Richard Carhuancho, da Primeira Vara de Investigação Preparatória Nacional do Peru, decretar a prisão preventiva do casal por 18 meses. Ambos são acusados de lavagem de dinheiro, relativa a doações feitas pelo grupo Odebrecht para o Partido Nacionalista nas campanhas presidenciais de 2006 e 2011, quando Humala era o candidato.