20Jul

Comissão da Câmara delibera sobre ofício da Justiça do Trabalho

A Comissão Representativa do Recesso Parlamentar da Câmara de Mossoró se reuniu, na tarde desta quarta-feira, para tratar do ofício da Justiça do Trabalho, encaminhado ontem e que informa ao Legislativo “presença de indícios de cometimento de ilícitos administrativos” pela gestão municipal. O colegiado, formado pelos vereadores Jório Nogueira (PSD), Manoel Bezerra (PRTB) e Tassyo Mardonny (PSDB), decidiu, por unanimidade, que a Câmara vai notificar a Prefeitura, para que se manifeste sobre informações da 4ª Vara do Trabalho sobre possíveis ingerências da PMM em empresas terceirizadas.

19Jul

PSD Mossoró lança pré-candidatura de Francisco José Júnior à reeleição

O Partido Social Democrático (PSD) realizou nesta terça-feira (19) encontro que marcou o lançamento da pré-candidatura de Francisco José Júnior à reeleição. O evento aconteceu no Fantastic Buffet, no bairro Nova Betânia e reuniu cerca de 2 mil apoiadores, segundo a organização. Além de vereadores da base e filiados do PSD, o evento reuniu lideranças de vários outros partidos que defendem o projeto de reeleição de Silveira. Estiveram presentes representantes do PMB, PTN, PV, PRB, PTC.

19Jul

Líder dos caminhoneiros e presidente do PSL de Mossoró anuncia apoio a Tião

O presidente do diretório local do PSL, mais conhecido como “LIVRES”, e pré-candidato a vereador por Mossoró, Ivar Schmit, anunciou nesta terça-feira (19) que o partido caminhará junto ao projeto político do pré-candidato a prefeito Tião Couto (PSDB). Ivar, que ficou nacionalmente conhecido por liderar o protesto dos caminhoneiros em todo o Brasil pedindo o afastamento de Dilma Rousself (PT), afirma que analisa o projeto político do PSDB com visão inovadora, com a geração de emprego como a sua principal pauta.

19Jul

STF suspende decisão de juíza e libera WhatsApp em todo o Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, decidiu no final da tarde desta terça-feira (19) derrubar a decisão da da Justiça do Rio de Janeiro que manteve bloqueado o aplicativo WhatsApp em todo o país. A ação foi impetrada pelo Partido Popular Socialista (PPS), que recorreu ao Supremo para que a decisão fosse suspensa imediatamente.

19Jul

Tião Couto (PSDB) é alvo de representação do MPE por campanha antecipada

O pré-candidato a prefeito de Mossoró Tião Couto (PSDB) foi alvo de ação do Ministério Público Eleitoral por propaganda antecipada. Segundo consta a denúncia feita pelo MPE, Tião realizou na última sexta-feira (8), no Hotel Villa Oeste, evento de lançamento de sua candidatura em que ele teria feito vídeos postados nas redes sociais convidando eleitores para o evento.

19Jul

PSD reúne filiados para discutir eleições municipais

O diretório do Partido Social Democrático (PSD) em Mossoró promove nesta terça-feira, 19, encontro com seus filiados e simpatizantes. O evento será realizado a partir das 19h, no Fantastic Buffet, localizado à rua Vicente Fernandes, nº 298, Nova Betânia. O objetivo do encontro é discutir as demandas da cidade e reforçar o que pensa o PSD para o futuro de Mossoró, partido que atualmente possui expressiva relevância no cenário político municipal, estadual e nacional.

19Jul

Operadoras cumprem decisão judicial e bloqueiam WhatsApp

As operadoras de telefonia celular já começaram a fazer no início da tarde de hoje (19) o bloqueio do aplicativo de troca de mensagens WhatsApp, cumprindo determinação da Justiça do Rio de Janeiro. Segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), as empresas já receberam a intimação judicial fixando o bloqueio do aplicativo e cumprirão a decisão da Justiça. Não foi estabelecido prazo para o retorno do serviço.

18Jul

Datafolha: 50% dos brasileiros preferem Temer e 32% querem volta de Dilma

Na primeira avaliação do governo do presidente interino Michel Temer realizada pelo Datafolha, 50% dos entrevistados disseram preferir a permanência do peemedebista no cargo até 2018. Aqueles que defendem a volta de Dilma somaram 32%. Os outros 18% responderam "nenhum", preferiam uma nova eleição ou disseram não saber. As informações são da Folha de S. Paulo.